Dicas de Viagem: Nagoya

Viagem realizada em Outubro de 2016, durante o outono do hemisfério norte.
Voo pela Lufthansa, com conexão de 4h em Frankfurt, saindo de São Paulo.


Checklist antes de sair do Brasil

1. Visto: se você está com pressa, tire o visto usando o Centro de Visto Japonês. Se você entregar a documentação em um dia até meio-dia, normalmente eles liberam o visto no outro dia à tarde, caso nenhuma outra documentação seja solicitada pelo consulado. Toda a documentação necessária para o visto, incluindo os formulários, estão na página do próprio consulado de SP.

2. Procuração: Se precisar deixar procuração no Brasil, principalmente para bancos, você precisa fazer uma procuração pública, que vista algo como 295 Reais em qualquer cartório do estado de São Paulo. Em São José dos campos você pode procurar o 1º Cartório de Notas, que fica na Rua Coronel José Monteiro.


3. Câmbio: se você já tem Dólares ou Euros, leve para o Japão e troque lá. Não vale a pena vender para comprar Iens no Brasil. Há uma casa de câmbio no aeroporto internacional de Nagoya, logo na saída da sala de desembarque do lado esquerdo. A cotação abaixo foi do dia em 25 de Outubro de 2016.


Caso queira comprar Iens ainda no Brasil, você pode entrar em contato com Laerte através do +55 12 98111 9182, que é representante da Confidence Câmbio. Para compras acima de um valor específico, os Iens podem ser entregues em sua residência. Agende-se para a compra, pois é necessário alguns dias para processar o câmbio antes de chegar à sua casa ou até mesmo você precisa verificar a disponibilidade na casa de câmbio.
Traga o suficiente para o tempo da sua estadia e calcule algo como 4,000.00JPY por dia para não passar aperto.


4. Receita Federal: você precisa comunicar à receita federal sobre sua saída definitiva.

5. INSS: Caso esteja indo trabalhar no Japão, o Brasil tem um acordo bilateral com o Japão para seguro-desemprego social. O site da previdência disponibiliza essa cartilha explicativa. Você também por obter informações sobre cálculo de contribuição e efetuar pagamentos individuais.

6. TRE: Em dias de votação para presidente e já estando no Japão, você precisa preencher um formulário e enviar para o cartório da sua zona pelos Correios. Você também pode consultar sua situação eleitoral. Existe ainda a opção de se cadastrar no Título Net.

7. Banco: colocar suas contas em débito automático e pedir autorização para movimentação da conta bancária e do cartão de crédito enquanto estiver no exterior. Não esqueça de habilitar seu laptop ou smartphone para conseguir fazer operações pela internet, para isso às vezes é necessário ir a um caixa eletrônico do próprio banco ou fazer de outro laptop/smartphone já habilitado.

8. Bagagem Desacompanhada: Assim que receber seus cartões de embarque no check-in, tire fotos do canhoto para enviar para a Nippon Express, caso você esteja vindo com bagagem desacompanhada.

9. Operadora de Telefone Celular: mude seu plano para pré-pago. Assim, você vai garantir que ainda vai ter créditos para falar enquanto estiver no Brasil, vai ter créditos para uma eventual necessidade quando estiver no exterior e após 3 meses sem créditos sua linha vai ser automaticamente cancelada, sem você se preocupar com isso depois que estiver fora do país.

10. Adaptadores Elétricos: a tensão no Japão é 100V (não é 127V, é 100V mesmo) e as tomadas são de dois pinos achatados. Leve alguns adaptadores de tomada universais, caso esteja também levando seus equipamentos elétricos brasileiros.

11. Remédios: a maioria dos remédios são vendidos com prescrição médica. Prepare uma mini farmácia com remédios que você eventualmente possa precisar no primeiro mês. Se for precisar de remédios por um tempo mais longo, sugiro que leia esse guia do Ministério da Saúde sobre remédios.

12. Idioma: a NHK oferece um curso de japonês básico online que dá para se virar um pouco. Você pode só escutar as aulas ou também acompanhar as lições em PDF.

13. Caso queira sacar seu FGTS em Nagoya, segue instrução do Consulado Brasileiro.

Lembre-se que se você está viajando em classe executiva, você tem direito a usar as salas VIPs da sua companhia aérea tanto no aeroporto de GRU como no aeroporto de conexão. Se vier por Frankfurt, existem chuveiros na sala VIP. E cerveja weiss na faixa também!


Durante o vôo da conexão para Nagoya, se você está trazendo bagagem desacompanhada, precisa pedir a algum comissário um segundo formulário de imigração para entregar no balcão da Nippon Express, que fica logo à direita na saída portão de desembarque do aeroporto internacional de Nagoya.

Caso você esteja vindo com a família e queira um serviço de entrega de malas no hotel, existe uma empresa que fica ao lado do balcão da Nippon Express que oferece isso por algo como 4,000.00JPY.

Chegando ao aeroporto de Nagoya pela primeira vez, na fila da imigração, caso esteja chegando como turista fique na fila de estrangeiros, caso esteja chegando como residente, identifique-se com a atendente para que ela possa informar se você permanece naquela fila ou precisa ir para uma fila diferente, já que você vai receber seu cartão de residência naquele momento. Tenha em mãos o passaporte e o CoE.

Querendo ir para o centro de Nagoya, você precisa pegar um trem para Nagoya Station saindo da Central Japan International Airport Station. A viagem dura uns 40 minutos e custa algo como 830.00JPY na segunda classe.


Hospedagem

Chegando na Nagoya Station, procure a saída para a Sakura-dori. Se você estiver hospedado no The Strings Hotel vá à calçada e procure pela boneca gigante Nana-chan. O hotel fica na direção das costas da boneca e deve levar uma caminhada de 10 minutos até lá.
Caso queira pegar um táxi, a tarifa da estação para o hotel dá 900.00JPY.


Caso queira pegar o ônibus do hotel, basta sair pela Taiko-dori e esperar em frente ao The Grand Tiara Hotel. A cada meia hora um ônibus do hotel faz uma parada lá.

O The Strings Hotel é o hotel mais novo de Nagoya. O café da manhã é bem completo e os quartos são confortáveis, além de oferecer várias comodidades como: serviço de lavanderia e lavanderia autônoma, vending machine, wi-fi, frigobar, máquina de lavar e microondas em alguns quartos, três restaurantes internacionais. Dentro do hotel existe uma capela no estilo gótico, onde regularmente acontecem casamentos.





Onde Morar


Um dos pontos importantes a se observar na escolha da residência e se ela fica próxima a alguma estação de metro. Isso vai facilitar muito o seu dia a dia, já que o sistema de transporte metroviário do Japão e fantástico e conecta você praticamente a qualquer parte da ilha principal, Honshu.


Se estiver procurando por refêrencia, um dos bairros residenciais mais completos de Nagoya é o Izumi, pois nas redondezas você vai encontrar: o Castelo de Nagoya, vários restaurantes internacionais, o Central Park (Hisaya-Odori Park), o Oásis 21 (o disco voador), o Museu de Ciência da Cidade de Nagoya e planetário, a Nagoya TV Tower (melhor vista de Nagoya - a torre Eiffel da cidade), hospitais, o Consulado Brasileiro, escolas de idioma (japonês inclusive) Berlitz Sakae e Nagoya YMCA e o Centro Católico do Sagrado Coração, que realiza missas em inglês aos domingos às 10h e 15h.

Caso fique em Izumi, o ônibus da escola internacional Abroad passa no bairro. Essa escola é fantástica, tem uma filosofia de educação incrível e é a única escola em Nagoya que segue o currículo de Cambridge. Eles recebem crianças desde 1 ano de idade.

Saúde

Com relação à saúde, existem hospitais, clínicas e médicos/dentistas que atendem em Inglês, e até mesmo Português. Alguns contatos são listados abaixo (as referências de distância serão em função do bairro Izumi):

1. Clinical Dental Smile - dentista, atende em Português e fica a 10 minutos de caminhada saindo da estação Shigahondori pela linha Meijo (localização);

2. Bliss Dental Clinic - dentista, atende em Português e fica a 3 minutos de caminhada saindo da estação Fushimi (localização);


3. Tachino Clinic - pediatra, dermatologista e gastroenterologista, atende em Inglês e fica a 5 minutos de metrô saindo da Nagoya Station (localização);

4. Kato Clinic - ginecologista/obstetra, atende em Inglês e fica a 31 minutos de metrô saindo da estação Hisyaodori pela linha Meijo (localização);

5. Sakae Central Jibika - otorrinolaringologista, atende em Inglês e fica em Sakae (localização).


6. Komaki City Hospital - várias especialidades, atende em Português e fica na cidade de Komaki;

7Nagoya City Medical Association Disease Center - várias especialidades, atende à noite, sábados, domingos e feriados, fica em Higashi-ku no 4o andar do predio (
localização);

8. Hatano Clinic - clínico geral e doenças psicossomáticas - atende em Inglês durante a semana e sábados, fica em Higashi-ku no 3o andar do mesmo prédio do Nagoya City Medical Association Disease Center (localização);

9. Hachiya Orthopedic Hospital - ortopedia com o Dr. Tanaka-san - atende em Inglês com a tradutora Matsushita-san durante a semana das 9:00h às 17:00h e aos sábados pela manhã, fica em Kakuozan (localização).

Caso as opções acima não sejam suficientes e você esteja a procura de algum serviço médico com atendimento em Inglês ou Português, você pode buscar no site da Prefeitura da Província de Aichi. Uma excelente referência!

Para realizar compras de remédios, existe o site da Farma Delivery que você compra pela internet, paga em qualquer loja de conveniência do Japão e recebe o remédio em casa.


Para vacinar contra a febre amarela, será necessário agendar um horário na estação de quarentena do Chubu Centrair Airport através do número +81 56 938 8205.

Transporte

Para se locomover em Nagoya, não deixe de fazer um cartão da MANACA, que te permite pegar a maioria dos ônibus, trens e metrôs, e ainda permite ser usado como cartão de débito em alguns estabelecimentos, como supermercados e lojas de conveniência.
Existe um concierge em inglês próximo às  catracas da linha Higashiyama na estação Nagoya que ajuda a fazer tanto o cartão como fazer recarga, inclusive se você quiser carregar um commuter pass (caso queira fazer sozinho seguem as instruções).

Use o Hyperdia para fazer planejamento de viagens de trem  ou ônibus.
Use o aplicativo JapanTaxi para chamar táxis através do seu smartphone.

Câmbio Para Brasil

Operadora  Câmbio vs TW  IOF  Taxa por Transação
Transferwise (TW) - Não 1,478%
Santander 3,971% pior Sim R$ 90,00
Banco do Brasil 2,544% pior Não ¥700.00 + 5%

Correspondências

Para enviar qualquer correspondência pelos correios, seja para o Brasil ou algum documento para a ward da qual você faz parte, basta ir a uma loja de conveniência e comprar selos correspondentes à tarifa do que você deseja enviar. Depois de colar o selo no envelope basta depositar o envelope numa das caixas vermelhas espalhadas pela cidade.

Caso queira ir a uma agência da Japan Post, alguma delas são abertas até as 19:00h, como as de Sakae e Nagoya Station (inclusive aos sábados).

Compras

Use o app Look para ter informações sobre produtos japoneses em inglês através da leitura do código de barras.

Se você esta a procura de lojas como a C&C / Dicico / TendTudo, em Nagoya existem várias opções como a Cainz ou Kahma. Você pode procurar as localizações diretamente nos respectivos sites ou na Kikuko Nagoya.


Em Nagoya existem algumas lojas que vendem produtos usados em excelente estado de conservação a preços módicos, incluindo equipamentos de esporte de inverno. A Bookoff Super Bazar fica próxima da estação Hoshigaoka da linha amarela do metrô. Abaixo algumas dos produtos usados vendidos na loja.





Se você quer aproveitar a oportunidade de estar no Japão e conhecer algumas de suas estações de ski mas não tem experiência, recomendo assistir a essas excelentes aulas do canal Ski School.

A cidade de Nagoya incentiva a população à revenda de bicicletas usadas. Esse é um site da própria cidade listando quais são as lojas da cidade que participam do programa: Nagoya City Recycled Bike Dealers. E esse é um guia para comprar bicicletas elétricas: Zitensya Depo.


Se estiver interessado em comprar bicicletas de segunda-mão, seguem mais alguns sites:

Uma lei recente exige que um seguro contra acidentes seja feito para cada bicicleta. Mais informações você pode encontrar aqui.

Alimentação

Para comer próximo ao Strings Hotel existem algumas excelentes opções. A primeira é o Waves Burger, que serve hambúrgueres deliciosos e suculentos. Eles têm outra filiam na frente da Nagoya Station, perto do monumento espiral.


Uma outra opção perto do Strings Hotel é o Ichibanken, onde você pode comer lámen, aquele macarrão muito conhecido no Brasil como miojo.


Há numa pizzaria que fica nas redondezes do museum da Toyota e se chama Solo Pizza Napoletana. Delicie-se com um dos diversos sabores que existem lá.




Se quiser comer na região de Osu Kannon, existe um excelente empório de vinhos combinado com um restaurante francês chamado Watanabe Osu.




Passeios

Começando finalmente o que o blog originalmente se propõe, que são dicas de viagem do local visitado, uma das formas de conhecer os principais pontos turísticos de Nagoya é através do Nagoya Sightseeing Route Bus. Saindo da Nagoya Station, o ônibus passa pelos principais pontos turísticos da cidade, como: Museu Comemorativo Toyota da Indústria e Tecnologia, Jardim  Noritake, Castelo de Nagoya, Tokugawaen, Museu de Arte Tokugawa, Biblioteca Hosa, Museu Fuaba Caminho Cultural, Nagoya City Archives South, Torre de TV de Nagoya (torre Eiffel da cidade), Hirokoji-Sakae (bairro efervescente) e Hirokoji-Fushimi.

É possível ficar no ônibus durante todo o trajeto ou ficar descendo e subindo no seguinte. Os valores variam para cada uma das modalidades, mas o passe de 1 dia custa 500.00JPY.

Se você tem crianças, um dos passeios mais legais da cidade é a Legoland Japan, que fica ao sul da cidade, a uma caminhada de 10 minutos da estação Kijofuto da linha Aonami e a passagem custa 350.00JPY. Tudo no parque faz referência a esses incríveis blocos coloridos que a criançada adora! A entrada custa 6,900.00JPY e o passe anual custa 17,300.00JPY.
Museu Comemorativo Toyota da Indústria e Tecnologia fica O museu fica a 3 minutos de caminhada da Sako Station da linha Meitetsu ou a 10 minutos da Kamejima Station da linha Higashiyama. O museu conta toda história da família Toyoda desde a criação do cotonifício no início do século 20 até os dias de hoje. É um museu super interativo e as demonstrações ao vivo são incríveis. Papo de passar um dia inteiro por lá!
Existem tours guiados gratuitos em Japonês e Inglês, basta se inscrever na recepção ao comprar o ingresso. A entrada custa 500.00JPY.







Ainda na região ao oeste da Nagoya Station existe o Jardim Noritake, construído para celebrar os 100 de existência do grupo dessa elegante cerâmica. 

O jardim conta com 48.000m2 e lá você pode aproveitar a área verde, conhecer um pouco da história do grupo (do qual a NGK faz parte), aproveitar as barganhas do outlet, comer no restaurante ou no café que existe lá ou ainda participar de uma oficina de cerâmica e pintura.




Indo para o leste da Nagoya Station e querendo imergir um pouco na cultura religiosa local, você pode conhecer o templo budista de Osu Kannon (da misericórdia), transferido para Nagoya em 1612 após sucessivos inundamentos na cidade onde foi originalmente construído. Abaixo do templo existe uma biblioteca com mais de 15.000 títulos em chinês e japonês, incluindo alguns considerados tesouros nacionais.




Ao lado do templo existe um conjunto de lojas chamado Arcade Shopping Osu Kannon, distribuídas em várias ruas paralelas e perpendiculares que oferecerem desde roupas e calçados até produtos eletrônicos.

A região mais enérgica da cidade é, sem dúvida, o bairro de Sakae. Concentrando o maior número de restaurantes, bares e shoppings, a região funciona praticamente 24x7.
Lá você vai encontrar uma roda gigante parecida com a London Eye (salvas as devidas proporções), onde por JPY 500 você pode dar uma volta completa, algo como 15 minutos, e apreciar a vista da cidade.

Aos domingos uma avenida inteira é fechada, começando aproximadamente na altura da roda gigante e indo até o oeste limitada pela Wakamira Odori.
A cidade conta com um parque bem central chamado Hisaya Odori Park, por ser cruzado pela avenida Hisaya Odori. É nesse parque que se encontra a torre de tv, que no verão tem vários bares ao redor chamados Beer Garden e durante o ano inteiro conta com cafés e restaurantes no seu pé.

Um passeio incrível durante o inverno é visitar uma fazendo de morangos Ichigo Batake, onde por 30 minutos você pode colher morangos diretamente do pé. Acesso fácil de Nagoya por trem/metrô e ônibus.

Curiosidades

1. Você vai encontrar vending machines pela cidade inteira. São chamadas de jidohanbaiki.

2. Nos postos de combustível, as mangueiras são penduradas no teto.

3. Os japoneses usam bastante a bicicleta para se locomover. Carros são baratos, mas manter carro é caro. Com isso, é possível encontrar vários estacionamentos de bicicleta espalhados pela cidade.

4. Por falta de espaço, você vai notar vários estacionamentos como edifício garagem.

5. Os japoneses são muito educados e civilizados. Fazem fila até na faixa de pedestre para atravessar a rua, quando o sinal está fechado.

Este post ficará em constante atualização e quaisquer contribuições são bem vindas, como contribuíram os amigos Renato Morita e Karolina Saldanha.



Nagoya International Center disponibiliza esse Guia Prático "Vivendo em Nagoya", com várias dicas.



Faça uma boa viagem!

Receba roteiros incríveis do Blog do Papito



Comentários

  1. Show demais! Quem sabe um dia apareça coragem para atravessar o mundo e utilizar as suas dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renata! Olha que se procurar ela aparece, hein? Obrigado por seguir o blog e espero que as dicas sejam proveitosas!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas de Viagem: Okinawa

Dicas de Viagem: Kansas City e Redondezas