quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Dicas de Viagem: Nagoya

Viagem de 4 dias e 3 noites realizada em Outubro de 2016, durante o Outono no hemisfério norte.

Caso você esteja procurando dicas para quem vive em Nagoya, clique no link Vivendo em Nagoya.

Sobre o Destino

Nagoya, capital da província de Aichi, no Japão, é um complexo industrial e hub de transporte no centro de Honshu, principal ilha do arquipélago.

A região de Naka Ward é o lar de museus e salões de pachinko (máquinas de jogo). É nessa região que você também vai encontrar o distrito de entretenimento Sakae, com atrações como a roda-gigante Sky-Boat, que fica ao lado de um shopping center.

No norte de Naka está o Nagoya Castle, uma casa real parcialmente reconstruída em 1612, exibindo artefatos da era Edo.

Visto

Brasileiros precisam de um visto de turismo que vale por até 3 meses de estadia para visitar o Japão e custa algo como 97.00BRL para entrada simples. Se você não é brasileiro, verifique a necessidade de visto através dessa lista.

Como Chegar

Voo operado pela Lufthansa, comprado pela Kiwi, com conexão de 4h em Frankfurt, saindo de São Paulo.

O aeroporto internacional de Nagoya fica a aproximadamente 40km do centro da cidade, levando algo como 50min de carro/táxi ou algo como 40min de trem expresso da Meitetsu line (a partir de 870JPY), que tem uma tarifa diferenciada (360JPY adicionais) e se chama µSky.

Faça rapidamente sua pesquisa e reserva de voos por aqui:





Onde Ficar

The Strings Hotel é um dos hotéis mais novos de Nagoya e é um lugar fantástico para ficar!

O café da manhã é completo e os quartos são confortáveis, além de oferecer várias comodidades como: serviço de lavanderia e lavanderia autônoma, vending machine, wi-fi, frigobar, máquina de lavar e microondas em alguns quartos, três restaurantes internacionais.

Dentro do hotel existe uma capela no estilo gótico, onde regularmente acontecem casamentos.

O conteúdo do Blog do Papito é gratuito. Se você está satisfeito com o que é oferecido, ajude-nos fazendo a pesquisa e reserva do seu hotel através do quadro abaixo.
Booking.com

Aluguel de Carro

Não foi necessário alugar carro nessa viagem, mas se o estilo da sua viagem requer um carro, não deixe de procurar as ofertas do RentalCars, que busca os carros mais baratos em diversas locadoras, exibindo todos os resultados em uma única interface.

Primeiro Dia

Uma das formas de conhecer os principais pontos turísticos de Nagoya é através do Nagoya Sightseeing Route Bus, que passa pelos museu comemorativo Toyota da indústria e tecnologia, jardim Noritake, castelo de Nagoya, torre de TV de Nagoya, Hirokoji-Sakae, entre outros.

É possível ficar no ônibus durante todo o trajeto ou ficar descendo e subindo no seguinte. Os valores variam para cada uma das modalidades, mas o passe de um dia custa 500JPY.

Comece o passeio pelo Toyota Commemorative Museum of Industry and Technology (localização), que fica a 3 minutos de caminhada da Sako Station da linha Meitetsu ou a 10 minutos da Kamejima Station da linha Higashiyama, conta toda história da família Toyoda desde a criação do cotonifício no início do século 20 até os dias de hoje. É um museu super interativo e as demonstrações ao vivo são incríveis. Dá para passar um dia inteiro por lá!

Próximo ao museu você vai encontrar o Noritake Garden (localização), construído para celebrar os 100 anos de existência do grupo dessa elegante cerâmica. O jardim conta com 48.000m2 e lá você pode aproveitar a área verde, conhecer um pouco da história do grupo (do qual a NGK faz parte), aproveitar as barganhas do outlet, comer no restaurante ou no café que existe lá ou ainda participar de uma oficina de cerâmica e pintura.

Nesse dia um bom local para parar para almoçar é o Matsuzakaya Building (localização), que abriga os restaurantes Houraiken, conhecido pelo seu delicioso porco, e o Misokatsu Yabaton, com longas filas de espera para comer enguias.

Após o almoço relaxe no Hisaya-odori Garden Flarie (localização), em japonês Ran no Yakata, é um jardim público de orquídeas aberto em maio de 1998. Os jardins têm mais de 250 espécies diferentes de orquídeas, exibidas em uma grande estufa. Varias especies de orquídeas, desde as mais comuns ate as mais raras, são exibidas aqui.

Querendo imergir um pouco na cultura religiosa local, você pode conhecer o templo budista de Osu Kannon (localização), que significa da misericórdia, transferido para Nagoya em 1612 após sucessivos inundamentos na cidade onde foi originalmente construído. Abaixo do templo existe uma biblioteca com mais de 15.000 títulos em chinês e japonês, incluindo alguns considerados tesouros nacionais. Ao lado do templo existe um conjunto de lojas chamado Arcade Shopping Osu Kannon, distribuídas em várias ruas paralelas e perpendiculares que oferecerem desde roupas e calçados até produtos eletrônicos.

Saindo de Osu Kannon, caminhe ate o Nagoya City Science Museum and Planetarium (localização) que fica localizado em Sakae e abriga o maior planetário do mundo. O museu possui três seções principais sobre tecnologia moderna, ciências da vida e ciências gerais, com uma variedade de exposições interativas.

À noite, uma boa opção e tomar um vinho ou um café em um dos restaurantes no topo de alguns dos prédios mais altos da cidade, como Sky Promenade (localização), Cafe du Ciel (localização), Cepage Lounge and Restaurant (localização), Mikuni Nagoya (localização) ou Zenith Sky Lounge (localização).

Nota: uma alternativa ao Toyota Commemorative Museum of Industry and Technology, mas um pouco mais distante, é o Toyota Automobile Museum (localização).

Segundo Dia

Após um excelente café da manhã no hotel, pegue o metrô da linha Higashiyama na Nagoya Station e vá ate a Sakae Station. De lá pegue o metrô linha Meijo no sentido do relógio e desça na Shiyakusho Station.

Comece os passeios do dia pelo Nagoya Castle (localização), um castelo japonês que durante o período Edo foi o coração de uma das mais importantes cidades-castelo do Japão, Nagoya-juku, que era uma estação de correios na estrada Minoji ligando duas das cinco importantes rotas de comércio, a Tōkaidō e a Nakasendō. O castelo tem ao seu lado o Meijo Park.
O Meijo Park (localização) é uma comodidade à parte para os moradores da região. Além de estar ao lado do Nagoya Castle (também chamado de Meijo, daí vem o nome do parque), o parque conta com lagos, pistas de corrida e bike, restaurantes com mesas ao ar livre, campos de baseball, dois playgrounds e um incrível complexo com 3 piscinas para crianças e adultos que são a maior diversão durante o verão.

Da Meijo Station pegue um metrô da linha Meijo e desça na Sakae Station para conhecer Sakae (localização), a região mais enérgica da cidade, concentrando o maior número de restaurantes, bares e shoppings, que funcionam praticamente 24x7.

Lá você vai encontrar uma roda gigante parecida com a London Eye (salvas as devidas proporções), onde por 500JPY você pode dar uma volta completa, algo como 15 minutos, e apreciar a vista da cidade. Aos domingos uma avenida inteira é fechada, começando aproximadamente na altura da roda gigante e indo até o oeste limitada pela Wakamira Odori.

A cidade conta com um parque bem central chamado Hisaya Odori Park, por ser cruzado pela avenida Hisaya Odori. Durante o verão o parque abriga inúmeros festivais internacionais, inclusive a festa do Brasil em Nagoya.

É no Hisaya Odori Park que fica a Nagoya TV Tower (localização), que no verão tem vários bares ao redor chamados Beer Garden e durante o ano inteiro conta com cafés e restaurantes no seu pé.

Ao lado do parque você vai encontrar o Oasis 21 (localização), aberto em 2002 e que recebe vários eventos ao longo do ano, contando também com várias lojas e restaurantes e abriga um belíssimo teto de vidro, que também funciona como uma espécie de espelho d'água.

Por trás do Oasis 21 você pode aproveitar para fazer uma parada para o jantar no Wolfgang Puck (localização) e ter uma incrível visão para o Oasis 21 e a TV Tower durante à noite, que ficam iluminadas e cheias de cores.

Ainda na região, caso queira escutar música ao vivo, não deixe de visitar o super intimista Jazz Inn Lovely (localização).

Mas se quer concertos de artistas mais conhecidos com o jantar completo incluso, não deixe de vistar o Nagoya Blue Note (localização), o braço regional da casa de Tóquio.

Terceiro Dia

Reserve o terceiro dia para visitar a zona sul da cidade, que é recheada de mega atrações!

Se você tem crianças, um dos passeios mais legais da cidade é a Legoland Japan Resort (localização), que fica a uma caminhada de 10 minutos da estação Kijofuto da linha Aonami e a passagem custa 350JPY. Tudo no parque faz referência a esses incríveis blocos coloridos que a criançada adora! A entrada custa algo como 6,900JPY e com um pouco a mais você ainda pode visitar o aquário do parque.

A sugestão de almoço nessa região é o The Blynrook Cafe (localização), que tem carnes que derretem na boca e excelentes cervejas!

Do outro lado da estação Kijofuto você vai encontrar o museu do Shinkansen, chamado de SCMAGLEV and Railway Park (localização), que conta a história da evolução e visão do futuro desse meio de transporte que é símbolo do país.

Uma outra opção de passeio nesse dia é visitar o Port of Nagoya Public Aquarium (localização), que conta com shows incríveis de animais marinhos e o Antarctic Museum and Former Research Ship Fuji (localização).

Nessa opção o melhor lugar para almoçar é Sushiro (localização), que vende sushis em esteiras rolantes e a preços módicos.

Quarto Dia

A zona sul de Nagoya ainda conta com o complexo Nagashima Resort, com o parque de diversões Nagashima Spa Land (localização), um parque aquático, o museu do Anpanman (um super herói infantil feito de pão com recheio de feijão), um shopping outlet chamado Mitsui Outlet Park e um jardim com luzes de inverno chamado Nabana no Sato (localização).

Dicas Extras

1. Você vai encontrar vending machines pela cidade inteira. São chamadas de jidohanbaiki.

2. Nos postos de combustível, as mangueiras são penduradas no teto.

3. Os japoneses usam bastante a bicicleta para se locomover. Carros são baratos, mas manter carro é caro. Com isso, é possível encontrar vários estacionamentos de bicicleta espalhados pela cidade.

4. Por falta de espaço, você vai notar vários estacionamentos como edifício garagem. Alguns estacionamentos de prédios chegam a custar 33,000JPY por mês.

5. Os japoneses são muito educados e civilizados. Fazem fila até na faixa de pedestre para atravessar a rua, quando o sinal está fechado.

6. Em Julho acontece o Nagoya Grand Sumo Tournament e os disputadíssimos ingressos começam a ser vendidos em Maio.

7. Em Outubro acontece em Suzuka/Mie, que fica a pouco mais de 1 hora de trem de Nagoya, o Formula 1 Japanese Grand Prix e os ingressos começam a ser vendidos em Maio.

Faça uma boa viagem!

2 comentários:

  1. Show demais! Quem sabe um dia apareça coragem para atravessar o mundo e utilizar as suas dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renata! Olha que se procurar ela aparece, hein? Obrigado por seguir o blog e espero que as dicas sejam proveitosas!

      Excluir